Proibição

É proibido ser, sem ser rotulado.
É proibido amar, sem ser odiado.
É proibido entender e ser entendido.
É proibido proibir quem proíbe.

É proibido se importar e agir,
sem que se incomodem, ou tentem impedir.
É mesmo proibido ter certezas,
sem que os brutos agridam com sutilezas.

É proibida a grandeza de se dar,
de tentar fazer algo maior que esta vida.
É proibido crer em si e abnegar
as conquistas, pra ganhar após a partida,
quem sabe algo mais do que pedras mortas.

É proibido ter sentido,
não correr perigos.

Se alguém soube algo a mais,
se desejou compartilhar,
saiba que é proibido pensar,
e quem proíbe,
obedece, e muito pouco pode
ofertar
gratuitamente.

Estou transbordando o calor
e o perdão que recebi antes,
quem pois, me pode censurar?

Faça seu barulho despeitado,
não proíbo, mas só peço que
o faça quase sem atrapalhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s