Cabisbaixos

A tristeza não é tão má:
nos faz sentir,
nos faz pensar.

Só faz crescer,
mas faz chorar:
alívio à mágoa,
da guerra, a trégua
se tristes
travarem
batalhas;
mortalha
aos egos,
sossego
ao fogo.

Para pisar,
não se erguem
os cabisbaixos,
os desiludidos
que bem sabem
padecer,
perdoar
pra sobreviver.