Consolação

Sinto como se todas as portas
estivessem fechadas,
e todos os ouvidos
selados.

Então me pergunto se sou eu,
se não é tudo reflexo
do meu coração.

Será que alguém aqui
pode me ouvir,
pode me amar
por completo?

Se o meu sentido não desagua,
há mágoa e silêncio
na dor de ser
como mudo, surdo e cego,
privado pelo peso
do mundo negado,
do encontro, do conforto
de um abraço contínuo.

Alguém explique tanta solidão,
e se há na morte consolação.

220

O certo mesmo seria
a gente ter entrado em um acordo antes de terminar.
O certo mesmo seria
a gente ter recebido nada menos do que pudemos dar.

Sem justiça durante, não há amor;
sem respeito durante, também não.

O certo mesmo seria
a gente ter sido mais amigos do que amantes,
e bem que tentei te alertar.
Tentei frear enganado,
porque ao seu lado,
é queda, e como parar?

Perto do começo eu me sentia amado,
e perto do fim me sentia humilhado,
repetidamente
comparado, enganado,
reprimido e magoado.

O gosto amargo daquele fim,
reflexo da intensidade
de quem queria cair em mim,
mostrou grande peçonha
correndo
entre cada sim que te dei,
e cada sim que neguei
por dentro
para poder
estar bem contigo,
mesmo adoecido.

O certo mesmo seria
nunca termos sido dois,
pois nunca fomos um,
não no entendimento,
nem coração.

Tudo para quem tinha o amor,
e quase nada para quem amou.

Experiência

Toda paixão,
tudo ilusão:
miragem ali
ou passagem
fechada;
o labirinto
que termina
no nada
onde sempre
eu me perdi.

Para querer
ou para ter
mais e mais:
para perder
parte de si
em troca
de sonho
e sentir.

Pequeno jardim de areia,
bela sereia, como seria
sem cauda e
cabelo de algas do amar?
Sede no mar dos desejos,
lampejo com ironia,
o beijo com poesia
termina em euforia
e fim,
muito afim de continuar,
de nunca acordar de dia
para nadar
mais fundo:
um mundo de mentirinhas
doces de matar, matando
por excesso,
por saudade.

Ciao 2.2

Parte de mim
precisa sair
do meu lugar,
para perdoar
a bondade
de ser assim:
cruel comigo,
comigo mesmo.

Pode me cortar um pouco,
e pode me amar um pouco?

Eu farei tudo por ti,
mas fica do meu lado.

Quantos amigos pode ter
um sonhador?
E quem poderia socorrer
um ajudador?

Tenho as respostas,
perdi as perguntas.

Pare de me perguntar
se estou bem,
quando estou
distante,
dormente.

Quanto tempo a gente
perde,
ganha,
passa
com tanta gente ruim?

Jamais me importaria
dormir,
morrer,
e acordar pro sempre.

Eu choro
por quem
nunca me
desculpa,
com quem
chorei:
passamos
da dor
e depois?

Eu choro
por quem
se negou
ao negar
quem sou,
o que eu disse
de quem sei,
e recebi.

Quando Deus
se cansa de
chorar,
o fogo
domina.